Milhares de internautas se reuniram para fazer um apelo ao Amazon Prime Vídeo: eles não querem cenas de nudez na série de O Senhor dos Anéis. A petição foi disponibilizada no site Change.org e conta com a assinatura de mais de 40 mil pessoas.

No texto que descreve o objetivo do protesto, um dos argumentos usados para justificar a censura é o fato de o autor da trilogia, J.R.R. Tolkien, ser religioso.

“O trabalho de Tolkien é verdadeiramente saudável e repleto de incrível simbolismo cristão. Ele era um católico devoto, e sua memória não precisa ser manchada com nudez gratuita ou mesmo nudez a mais leve”, diz o texto do abaixo-assinado.

De acordo com os criadores do movimento, a produção da Amazon teria contratado “coaches de intimidade” para deixar os atores do elenco confortáveis com cenas de nudez.

“As criações de Tolkien sempre foram principalmente amigáveis ​​para a família… mantenha assim”, finaliza o apelo.

O Senhor dos Anéis, série Original Amazon

A série do Amazon Studios traz às telas pela primeira vez as lendas heroicas da Segunda Era da Terra-média. Esse drama épico se passa milhares de anos antes dos eventos de O Hobbit e O Senhor dos Anéis, de J.R.R. Tolkien.

Começando em tempos pacíficos, a série acompanha personagens novos e já conhecidos na batalha contra o temido ressurgimento do mal na Terra-média.

Das profundezas mais escuras das Montanhas Sombrias, às majestosas florestas da capital dos elfos de Lindon, ao reino da ilha de Númenor e aos confins do mapa, esses personagens vão construir legados que irão sobreviver até muito tempo depois de suas vidas.

A série é liderada pelos showrunners e produtores executivos J.D. Payne e Patrick McKay. A equipe também conta com os produtores executivos Lindsey Weber, Callum Greene, J.A. Bayona, Belén Atienza, Justin Doble, Jason Cahill, Gennifer Hutchison, Bruce Richmond e Sharon Tal Yguado, o coprodutor executivo Wayne Che Yip, e o produtor Christopher Newman.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui