Foto ilustrativa: Agência Brasil

O professor Josenildo Brito de Oliveira, coordenador dos estudos estatísticos da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), fez mais uma projeção do andamento da pandemia de coronavírus no Estado, durante entrevista à CBN.

A projeção, que estima os números de novos casos e óbitos pela Covid-19, analisa os números da pandemia no Brasil, em São Paulo, na Paraíba e, especificamente, nas cidades de João Pessoa e Campina Grande.

De acordo com ele, a Paraíba deve atingir, até o dia 26 de dezembro, 163.357 casos confirmados e 3.565 óbitos.

Já a capital João Pessoa, segundo o estudo, vai chegar à marca de 44.455 casos e 1.067 mortes.

Campina Grande, por sua vez, tem como previsão 15.116 casos e 434 óbitos.

“São as projeções com uma margem de erro variando entre 0,25% e 2%”, completou.

Por fim, o pesquisador lembrou que os dados apresentados não são apenas estatísticas, mas pessoas, famílias sofrendo com entes queridos que morreram ou que estão lutando pela vida nos leitos de UTI.

– Fica aqui nosso apelo para reforçar as medidas protetivas, lavar as mãos, manter o distanciamento social, evitar aglomerações, porque realmente essa doença é terrível – relatou, concluindo que a esperança é que a vacina contra a Covid-19 chegue no menor espaço de tempo possível.

Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui