O presidente estadual do PSDB paraibano, Pedro Cunha Lima usou as redes sociais nas últimas horas para mirar artilharia contra a postulação de um dos treze adversários no páreo na disputa pela prefeitura de João Pessoa. O escolhido foi o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) que nas eleições desse ano reedita o embate de 2004, tendo Ruy Carneiro (PSDB) como concorrente na corrida sucessória na Capital.

Para o tucano, a atual postulação de Ricardo, que derrotou Ruy ainda no primeiro turno nas eleições municipais daquele ano, era o “cúmulo do cinismo”.

Na postagem, Pedro relembra os áudios vazados onde Ricardo e Daniel da Cruz Vermelha tratam sobre repasses de montantes, alvos de investigações da Operação Calvário e que o ex-governador também tem um julgamento em aberto no TSE.

“O que dizer dessa candidatura de Ricardo… É o cúmulo do cinismo. E um atestado do que é a nossa Justiça Eleitoral. Tem um julgamento em aberto no TSE dos desmandos de 2014. Seguir na confiança que, um dia, a justiça chega para quem teve o sangue-frio e a indecência de colocar a Saúde Pública numa mesa para fazer balanço de propina” escreveu Pedro.

Confira a postagem:

No último dia 16 de setembro, prazo final para a realização das convenções, o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) também não poupou críticas a seus adversários. Na ocasião, Ruy também não ficou de fora. Coutinho fez piada com o sotaque carioca do tucano e reprovou o que chamou de “os velhos moldes do poder”, que segundo ele existia antes da eleição à Prefeitura de João Pessoa.

“Eu me lembro de 2004, quando eu saí pra ir votar eu vi uma cidade que era toda azul, era o tal do Ruy Carneiro que era o candidato, me disse pessoalmente que tinha gastado só naquele ‘dxia’ cinco milhões de ‘reaix’”, disse Ricardo na convenção.

PB Agora

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui