Continua depois da publicidade

O Palmeiras segue engrenando em um dos momentos mais importantes da temporada. Neste domingo, o Verdão visitou o Santos, na Vila Belmiro, e, fazendo valer seu estilo de jogo, foi letal e venceu por 2 a 0. Rony e Veiga fizeram os gols da partida. Com o resultado, o time comandado por Abel Ferreira emplaca quinta vitória consecutiva no Brasileiro, chega a 55 pontos e retoma a vice-liderança da competição e mantém em dez para o líder Atlético, que também venceu na rodada.

Do outro lado, o Peixe permanece com 35, na perigosa 15ª posição. Dois para valer um Os primeiros instantes do clássico na Vila Belmiro foram marcados pela intensidade na marcação das duas equipes. Com muita briga por espaço, Santos e Palmeiras deixaram muita vontade em campo, mas a criatividade e os lance de real perigo só foram aparecer na reta final.

Já no último terço, a primeira boa oportunidade foi criada pelo time da casa. Aos 38, após falta em cima de Lucas Braga na entrada da área, Marinho bateu firme e tirou tinta da meta defendida por Weverton. Logo na sequência, o Verdão deu sua resposta e balançou as redes.

Após tiro de meta de Weverton, Dudu recebeu pela esquerda, se livrou de Robson e serviu Rony, que encarou Velázquez, arrumou para perna direita e, de fora da área, mandou no canto. Seria o primeiro do Alviverde, mas o VAR entrou em ação e flagrou um toque de mão de Dudu no início da jogada. Nada feito.

A anulação não diminuiu o ímpeto do time de Abel Ferreira, que voltou a ser incisivo em suas transições. Até que aos 43, após belo toque de letra pelo meio, Raphael Veiga recebeu pela esquerda e cruzou rasteiro para Rony, que, livre de marcação, mandou para dentro.

Agora valeu: 1 a 0. Veiga decreta triunfo alviverde Buscando mudar o panorama da partida, o Santos voltou com Carlos Sánchez no lugar de Robson, adotando uma postura mais ofensiva. Funcionou num primeiro momento. Logo aos três, Zanocelo quase fez o do empate, mas Weverton apareceu para salvar.

Do outro lado, sem baixar a guarda, Rony marcou novamente, mas a arbitragem voltou a assinalar impedimento. Outra vez, o Verdão, com muita velocidade nos contra-ataques, incomodou a defesa santista. O Peixe ainda acertou a trave em finalização de Lucas Braga, mas parou por ai.

Isso porque aos 26 minutos, após nova transição fulminante, Raphael Veiga recebeu de Rony na área e, com uma bela finalização, acertou o ângulo, ampliando a vantagem: 2 a 0. Já com a vantagem consolidada, o time comandado por Abel Ferreira diminuiu a intensidade, fechou os espaços e garantiu a quinta vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro.

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui