O analista de sistemas Roberto de Carvalho Loureiro, de 53 anos, foi preso em Araruama, no Rio de Janeiro, suspeito, segundo investigações, de abusar sexualmente dos filhos trigêmeos, desde que eles tinham 3 anos de idade. As informações são de reportagem do Jornal da Record.

Hoje adolescentes com 11 anos, eles, que eram ameaçados pelo pai, resolveram denunciar, após terem acesso a informações sobre casos de feminicídio.

A polícia foi à casa de Loureiro e ele foi preso, sem oferecer resistência. O analista vai responder por estupro de vulnerável.

Segundo a delegada Carina Bastos, ouvida pela reportagem, as vítimas eram obrigadas a assistir vídeos de cenas de sexo e mulheres nuas, além de serem ameaçadas de morte, caso contassem a alguém.

As crianças sofriam o abuso aos finais de semana, quando iam à casa do pai. Ao saber de tudo, a mãe chamou a polícia, que passou a monitorar o dia a dia do pai dos adolescentes até prendê-lo.

Fórum

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui