Operário e Ponte Preta ficaram no empate por 0 a 0 na noite desta terça-feira (22) e o Fantasma se manteve invicto como visitante no Campeonato Brasileiro da Série B.

O duelo realizado foi realizado no Moisés Lucarelli, em Campinas, sem a presença de público, devido a pandemia da Covid-19.

O empate deixou o Operário momentaneamente na terceira colocação com 11 pontos. Para a equipe se manter no G-4 da Série B ao final da rodada, precisa torcer para que Brusque, Botafogo e Guarani não vençam nesta rodada.

Já a Ponte Preta segue na lanterna da Série B com apenas dois pontos conquistados e nenhuma vitória somada na competição.

As duas equipes voltam a campo nesta sexta-feira (25). A Ponte Preta vista o Brasil de Pelotas, às 19h, enquanto o Operário recebe o Confiança, às 21h30.

THIAGO BRAGA GARANTE EMPATE DO OPERÁRIO EM CAMPINAS

A Ponte Preta começou melhor a partida e criou boa chance logo no primeiro minuto. Thomaz errou corte na área e Vinícius Locatelli aproveitou a sobra, mas finalizou por cima da meta.

Thiago Braga salvou o Operário aos quatro minutos. Camilo cobrou escanteio da direita e Rafael Santos testou no canto esquerdo para o goleiro espalmar.

Nova chance da Ponte Preta aos nove minutos. Josiel fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro, Thiago Braga não conseguiu cortar e Reniê tentou tirar de carrinho, quase acertando o poste direito.

A primeira chance de perigo do Operário saiu apenas aos 26 minutos. Rodrigo Pimpão bateu escanteio da esquerda, Tomas Bastos ajeitou de cabeça e a bola passou na frente de Paulo Sérgio e Reniê antes de sair pela linha de fundo.

Djalma Silva quase abriu o placar aos 30 minutos. O lateral cobrou falta da intermediária direto para a meta e Ygor Vinhas quase aceitou o chute rasteiro, mas conseguiu espalmar para escanteio.

Rodrigão perdeu grande chance para colocar a Ponte Preta em vantagem aos 31 minutos. Josiel encontrou o centroavante na área, que limpou a marcação e cara a cara com Thiago Brava, preferiu rolar para a batida de trás, mas Reniê conseguiu o corte.

A Ponte Preta seguiu melhor na segunda etapa. Aos 14 minutos, Richard aproveitou cruzamento da direita e emendou um voleio perto do travessão.

Aos 15 minutos, foi a vez de Rodrigão levar perigo. O centroavante arriscou uma cabeçada de fora da área e a bola passou rente ao poste esquerdo.

Thiago Braga voltou a aparecer aos 26 minutos. Moisés fez bela jogada individual pela esquerda, trouxe para o centro e bateu rasteiro cruzado para o goleiro espalmar.

O Operário conseguiu boa chegada com a bola parada aos 43 minutos. Marcelo bateu falta lateral direto para a meta e Ygor Vinhas foi ágil para afastar de soco.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui