Operação tem como objetivo desarticular facção criminosa Foto: Divulgação/SSP

RIO – A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Alagoas e o Ministério Público estadual degflagraram uma operação policial na manhã desta terça-feria para cumprir 212 mandados de busca e apreensão e de prisão em Alagoas e em mais 10 estados contra integrantes de uma facção criminosa, segundo o “G1”.

Os policiais cumprem 212 mandados de prisão, sendo 98 em Alagoas, 73 em Maceió e o restante em Pernambuco, Ceará, Bahia, Paraíba, Sergipe, Piauí, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Minas Gerais.

Nesta fase da operação, 40 mulheres que ocupam cargos de liderança na facção são alvos de mandados de prisão e busca e apreensão.

O objetivo da Operação Flashback II.é desarticular uma nova composição da facção paulista que tem base no Mato Grosso do Sul. A primeira fase da operação ocorreu em novembro de 2019, onde foram cumpridos 110 mandados e 81 pessoas foram presas.

Em paralelo, a Polícia Federal (PF) deflagrou a Operação Njord, também nesta terça-feira, para cumprir 39 mandados de prisão e 25 de mandados de busca e apreensão em Maceió, São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul, para desarticular a facção criminosa.

A operação denominada Flashback é conduzida pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), através da Secretaria de Operações Integradas (SEOPI), o Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC), em parceria com a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Alagoas (SSP/AL), a Polícia Federal, a Polícia Civil de Alagoas, por meio da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), e a Polícia Militar de Alagoas, por meio do Batalhão de Operações Especiais (BOPE).

Extra 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui