Operação da PF termina com 4 prefeitos presos no interior de Rondônia

A Polícia Federal (PF) e a Procuradoria-Geral de Justiça de Rondônia deflagraram, nesta sexta-feira (25), a operação “Reciclagem“, com o objetivo de prender preventivamente prefeitos e ex-deputado por supostos crimes contra a administração pública.

Os políticos foram filmados recebendo “centenas de milhares de reais sendo distribuídos em dinheiro vivo”, segundo informações da PF.

Apenas na casa do prefeito de Rolim de MouraLuiz Ademir Schock, foram apreendidos cerca de R$ 5 milhões em dinheiro em espécie e bens, como joias, destaca o jornal Estadão.

Os demais alvos da operação são:

  • Marcito Aparecido Pinto (Ji-Paraná)
  • Glaucione Rodrigues (Cacoal)
  • Gislaine Clemente (São Francisco do Guaporé)
  • Daniel Neri (ex-deputado)

Os mandados de prisão preventiva foram expedidos pelo Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO). O órgão ainda determinou o afastamento dos gestores de suas funções públicas.

Além disso, ainda de acordo com o Estadão, foi decretado o bloqueio de mais de R$ 1,5 milhões dos investigados.

Renova Mídia 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *