O desembargador e presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), José Ricardo Porto reforçou que os candidatos não devem usar o guia eleitoral para trocas gratuitas de acusações ao invés de apresentar suas propostas e projetos para as cidades, sobretudo na Capital paraibana.

José Ricardo Porto apelou pelo bom senso dos postulantes e defendeu um debate de alto nível entre os candidatos, repudiando os ataques e agressões pessoais.

“O guia eleitoral não pode ser transformado em UFC”, sentenciou, acrescentando o guia político serve para contribuir para a escolha dos candidatos pelos eleitores, que prezam pelo bom debate.

Blog do Ninja 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui