Em entrevista o atual deputado federal e ainda presidente estadual do PSL, Julian Lemos, partido esse que irá se fundir com o DEM presidido no estado pelo deputado federal e pré-candidato ao Senado Efraim Filho, falou sobre detalhes da fusão das siglas. Segundo Julian, o novo partido que será criado deverá se chamar ‘União Brasil’ terá como número o 44. A nova identidade foi definida ontem (29) após uma pesquisa qualitativa entre os integrantes das duas legendas.

A premissa da fusão é ser nome novo e número novo, e este foram os melhores avaliados em pesquisas qualitativas e referendados na reunião dos partidos, explicou o deputado Efraim Filho (DEM). O movimento de fusão das duas legendas é estratégico para as eleições de 2022. O novo partido pretende lançar uma opção de terceira via no duelo formado entre o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) e o ex-presidente Lula (PT).

Na Paraíba, Efraim Filho tenta emplacar como candidato ao Senado na chapa de reeleição de João Azevêdo (Cidadania) e Julian assegurar sua reeleição para a Câmara Federal. A fusão do DEM com o PSL poderá formar o maior partido do país, ao menos em números na bancada da Câmara e valores. Atualmente os dois partidos têm juntos 81 deputados federais e sete senadores. A este número pode não configurar após a fusão, pois muitos aliados do presidente Bolsonaro  que estão no PSL devem migrar para outras siglas.

Homologação – O evento de homologação da União Brasil será realizado no dia 6 de outubro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. “Na ocasião serão aprovados os projetos comuns de estatuto e o programa do novo partido”, comentou o dirigente do PSL.

PBAgora 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui