Durante live realizada juntamente com Ricardo Coutinho, com o deputado Paulo Teixeira, o candidato a vice-prefeito Antônio Barbosa e Jackson Macêdo, nas redes sociais nesta quinta-feira (01), a presidente Nacional do PT, Gleisi Hoffmann, declarou que a decisão de apoiar a candidatura do ex-governador à PMJP se deve a uma construção histórica no intuito de derrotar a extrema direita não só em João Pessoa, mas em um projeto nacional.

A presidente nacional do PT anda declarou que não seria lógico que a sigla apoiasse outro nome.

Vale ressaltar que esse outro nome é o candidato do próprio PT, Anísio Maia que chegou inclusive a homologar sua candidatura em convenção da sigla.

“Não seria lógico, tendo a candidatura de Ricardo, tudo que ele representa, mantermos nossa candidatura… a decisão de apoiar não foi pontual, atabalhoada, é resultado de construção histórica. Quero fazer um apelo aos companheiros do PT, entendam. Se saíssemos separados o que iríamos ganhar com isso? Marcar uma posição? Não é isso que estava em jogo”, declarou.

Ela ainda disse que em João Pessoa, independente de outro nome, a prioridade do PT sempre foi Ricardo.

“Em João Pessoa a nossa prioridade sempre foi o PSB na figura de Ricardo e também nossos companheiros do PcdoB. Nem sempre acontece no tempo que a gente gostaria. Anísio Maia é um grande companheiro, por quem temos grande respeito e consideração, mas dadas as circunstâncias do PSB apresentar a candidatura o nome de Ricardo Coutinho não podíamos nos omitir”, declarou.

PB Agora

Compartilhar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui