Após quase um mês de paralisação, o Campeonato Paulista está de volta. Neste sábado, o São Paulo deu início a uma verdadeira maratona, e, com imposição e certa facilidade, goleou o São Caetano no Morumbi: 5 a 1. Com o resultado, a equipe comandada por Hernán Crespo chega a dez pontos e lidera o Grupo B do Estadual.

Do outro lado, o desesperado Azulão permanece com um único ponto, na lanterna da competição. Passeio no Morumbi O São Paulo não deu chances ao São Caetano no Morumbi. Com muita intensidade, o Tricolor montou uma blitz nos primeiros minutos e abriu o placar.

Após cobrança de escanteio, Reinaldo bateu cruzado e encontrou Arboleda, que, de calcanhar, mandou para o fundo das redes. Com o controle das ações, os são-paulinos permaneceram no ataque e ampliou. Aos 20, Reinaldo iniciou jogada pela esquerda, tabelou com Pablo e serviu Rodrigo Nestor. A joia invadiu a área e tocou na saída de Luiz.

Sem demonstrar poder de reação, a equipe do ABC Paulista encontrou muita dificuldade para manter a bola nos pés. Enquanto isso, os são-paulinos continuaram acumulando chances.  Até que aos 30, Léo ganhou dividida pela meia esquerda e serviu Reinaldo, que levantou a cabeça e bateu com força para marcar o terceiro.

A bola chegou a bate na trave antes de entrar. Mesmo com todos os problemas, os visitantes marcaram o de honra. Após bola levantada pela esquerda, Arboleda cortou para o meio e, na sobra, Guilherme Castro bateu firme, vencendo Tiago Volpi: 3 a 1. A ‘tentativa’ de reação do Azulão, entretanto, durou pouquíssimo tempo.

Aos 42, Daniel Alves cobrou falta com perfeição da entrada da área e anotou o quarto do São Paulo. Gol de estreante fecha a conta Já com o resultado definido, o Tricolor Paulista optou por tirar o pé do acelerador e passou a administrar a vantagem. Com isso, o jogo ficou morno e sem grandes oportunidades de perigo.

Aproveitando o ritmo mais cadenciado, o argentino Hernán Crespo promoveu mudanças, incluindo a estreia de Éder, que, em sua primeira aparição, quase balançou as redes. O ítalo-brasileiro recebeu de Igor Vinícius e bateu firme.

A bola parou na cabeça do zagueiro Lucas Dias.  O atacante perdeu a primeira chance, mas não titubeou na segunda. Aos 30, Éder recebeu na esquerda, tabelou com o adversário e, na frente do gol, deu seu cartão de visita para o torcedor: 5 a 1.

Ainda deu tempo para o meia Benítez fazer sua estreia. O argentino, inclusive, iniciou o último lance de perigo da partida. Aos 44, o ex-vascaíno serviu Wellington, que cruzou para Vitor Bueno testar bonito. Atento, Luiz se atirou na bola e evitou um prejuízo ainda maior.

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui