Foto: Maurício Vieira/Secom-SC (arquivo)

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou um procedimento administrativo para o acompanhamento de um processo que está sendo analisado pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba e que apura um suposto superfaturamento na compra de testes de Covid-19 por parte da Prefeitura de Bayeux.

A portaria assinada pelo procurador da República Yordan Moreira Delgado considera que foram apontados indícios de sobrepreço em vários produtos adquiridos a partir da dispensa de licitação e análise técnica.

O procurador do município de Bayeux, Cecílio Ramalho, afirmou que todos os documentos necessários foram apresentados para que o Tribunal de Contas “perceba a lisura dos procedimentos que a Prefeitura de Bayeux tem adotado”.

Ele frisou, durante entrevista a uma emissora de rádio local, que a Prefeitura está consciente de todas as licitações e em breve o TCE terá o seu parecer diante do que foi apresentado.

ParaíbaOnline 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui