Quem achava que o ex-juiz Sergio Moro, declarado oficialmente suspeito e incompetente pelo Supremo Tribunal Federal (STF), estivesse fora das articulações políticas se enganou.

A obsessão do ex-ministro da Justiça de Jair Bolsonaro pelo ex-presidente Lula parece não ter fim. Prints de conversas em um grupo de mensagens, no qual Moro e o ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), participam, mostram um debate sobre projetos parados na Casa.

A informação é do Portal R7. Porém, apesar de ter sido publicado, inicialmente na sexta-feira (16), o link para o conteúdo parece ter sido removido.

Reportagem do Poder 360, contudo, mostra que nos prints de conversas, Moro fala que os presidentes da Câmara prometeram, mas nunca pautaram projetos, como o fim do foro privilegiado e o da prisão depois de condenação em segunda instância.

“Fim do foro privilegiado e volta da execução em segunda instância. Congresso precisaria (sic) votar isso. Presidente atual e anteriores não pautaram”, escreveu Moro.

Maia respondeu: “Moro, não vou fazer este debate aqui com você”. Em seguida, o ex-juiz disse que não há o que debater porque é um fato. Maia justificou que a “segunda instância” só não avançou na Câmara por causa da pandemia de Covid-19.

Foro privilegiado

Já em relação ao fim do foro privilegiado, Maia afirmou que o foro não tinha apoio, mas o que impediu que o projeto avançasse foi a pressão de juízes e promotores.

“Foro de fato não tinha apoio, mas quem segurou foi a pressão de juízes e promotores que estão satisfeitos com a interpretação do Supremo que só resolveu foro para político”, escreveu.

Moro insistiu: “Rodrigo, mantendo em alto nível, essas matérias bastava (sic) pautar e ver o que dava a votação, se elas são propostas por X ou Y, pouco importa. Importa se são boas ou não. O fato é que são boas e não foram pautadas”.

O ex-juiz suspeito foi além: “Desculpe, mas você passou quatro anos presidente da Câmara, não pautou porque não quis”.

Fórum 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui