Com um gol já nos acréscimos do zagueiro Simon Kjaer, o Milan buscou o empate diante do Manchester United, em Old Trafford, na partida de ida das oitavas de final da Liga Europa.  Com o resultado de 1 a 1, o Rossonero recebe os ingleses, na partida de volta, podendo avançar caso não haja gol.

Os Diabos Vermelhos precisam marcar.  Milan sai para o jogo em Old Trafford O Manchester United começou a partida com linhas altas, acuando o rival na defesa. Chegou a ameaçar em um chute de Martial logo nos primeiros minutos, mas apresentou também insegurança na defesa.

Rafael Leão chegou a balançar a rede ao avançar nas costas dos defensores, mas estava impedido.  Aos dez minutos, o Milan voltou a aproveitar os buracos na defesa adversária. A jogada começou em cobrança de lateral, e Kessié aproveitou a passividade de Matic e McTominay para arrematar bonito.

A bola morreu na rede, mas o VAR anulou mais um gol italiano, dessa vez por toque no braço de Kessié no lance.  O Rossonero passou a achar, constantemente, espaço na defesa adversária. Conseguiu se adiantar em campo e deixou de ser sufocado. Saelemaekers foi outro a ameaçar em infiltração na área, mas Henderson defendeu bem.  A dupla de volantes do United, formada por Matic e McTominay, dava lentidão a saída de jogo e também a recomposição defensiva.

A agilidade de um jogador como Fred fez falta. O time de Solskjaer só conseguiu assustar na bola parada, e ainda assim teve tudo para sair na frente. Alex Telles cobrou escanteio, Bruno Fernandes desviou no primeiro poste e Maguire perdeu gol na pequena área, sem goleiro, mandando bola na trave. O gol perdido foi uma proeza do zagueiro.

Drama no fim Na volta para o segundo tempo, Bruno Fernandes ganhou protagonismo e ajudou o United a sair na frente. Logo no começo, o português enfiou uma bola espetacular para Amad Diallo, nas costas da defesa. De cabeça, o atacante tocou por cima de Donnarumma para abrir o placar.

O gol dificultou a vida do Milan, que encontrou um rival mais fechado. Pioli tentou melhorar o jogo central da equipe colocando Tonali. Samu Castillejo, ponta canhoto, mas com bom jogo interior, também entrou.  Solskjaer procurou o equilíbrio perfeito de seu meio-campo com a entrada de Fred.

Os Diabos Vermelhos cadenciaram bem o jogo e sofreram pouco até os acréscimos.  O 1 a 0 parecia, de fato, o destino final da partida. Mas nos acréscimos, o experiente zagueiro dinamarquês Kjaer apareceu na área e, aproveitando cobrança descanteio, empatou em cabeçada certeira.

O Gol

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui