(crédito: Jack Guez/AFP)

Mijaín López Nuñez. Esse é o nome da maior lenda da história da luta greco-romana e um dos grandes de toda a história dos Jogos Olímpicos. Medalhista de ouro em Pequim-2008, Londres-2012 e Rio-2016, o raio cubano caiu novamente no lugar mais alto do pódio em Tóquio-2020. A trajetória no Japão foi perfeita. Ele não sofreu um ponto sequer em todas as lutas e, na final, superou o georgiano Iakob Kajaia.

A conquista o coloca na prateleira de tetracampeões olímpicos ao lado dos norte-americanos Michael Phelps (natação), Alfred Oerter (lançamento de disco) e Carl Lewis (salto em distância), além do dinarmaquês Paul Elvstrom (vela) e o britânico Ben Ainslie, também velejador. O feito incontestável também o deixa no mesmo patamar da japonesa Kaori Icho, quatro vezes campeã olímpica consecutiva de luta greco-romana (Atenas-2004, Pequim-2008, Londres-2012 e Rio-2016).

“Sinto-me feliz, orgulhoso de ser o melhor do mundo e de fazer história. Tive uma longa carreira, trabalhando muito para atingir esses objetivos e quebrar esse recorde”, contou. Para alcançar a meta, precisou vencer o romeno Alin Alexuc, o iraniano Amin Mirzazadeh, o turco Riza Kayaalp e o gerogiano Iakob Kajaia.

Apesar da conquista, aos 38 anos, Mijaín López deixa o seu futuro em aberto e não garante participar da próxima edição dos Jogos Olímpicos, daqui a três anos, em Paris. “No ano que vem, devo decidir se continuo ou se encerro minha carreira. A idade também influencia. Eu chegaria a Paris-2024 com 41 anos e tenho que pensar muito bem. Uma derrota para mim seria muito difícil”, observou.

O pódio em Tóquio representa muito para o esporte cubano. Mijaín recebeu congratulações do presidente do país, Miguel Díaz Canel. “Quatro medalhas olímpicas de ouro para sua pátria. Nenhum ponto perdido nos Jogos de Tóquio. Quanta coragem, quanta valentia. Temos grande respeito e admiração por você. Cuba te admira e te abraça”, escreveu nas redes sociais.

*Estagiário sob supervisão de Danilo Queiroz

 
Correio Braziliense 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui