Com direito a um golaço de Michel Araújo, aniversariante do dia, e um tento de Ganso, que não marcava há mais de um ano, o Fluminense goleou o Coritiba, por 4 a 0, no Nilton Santos, para subir na tabela do Campeonato Brasileiro.  O Tricolor chegou aos 17 pontos e subiu ao sétimo lugar, a um de Flamengo e Vasco, que estão acima.

O Coxa segue em 16°, perto da zona de rebaixamento.  Aniversário especial  O Coritiba permaneceu com a bola no campo de ataque nos primeiros minutos sem criar. O Fluminense, quando teve a primeira oportunidade de trabalhar mais a bola, achou o primeiro gol da partida.  Foi do aniversariante do dia, Michel Araújo, em espécie de presente dele para ele próprio.

O uruguaio recebeu bola de Wellington Silva no meio e soltou uma pancada de perna canhota, não dando chance alguma para Wilson reagir.  Nino quase marcou o segundo gol do Flu aos 13 minutos. O zagueiro aproveitou desatenção na marcação em escanteio e cabeceou no canto. Wilson ficou só olhando a bola passar raspando o poste.

Cada vez mais soberano na partida, sem problemas para pisar na área, o Tricolor voltou a ameaçar com Wellington Silva, que completou cruzamento de Barcelos e parou em boa defesa de Wilson. Na cobrança do escanteio, Nenê mandou de cabeça para fora.  Dominado no meio, o Coxa tentou sair do sufoco pelo lado direito.

A jogada foi para a ponta e voltou para Gabriel, que chutou no canto e Muriel fez sua primeira defesa na partida.  Os paranaenses ganharam confiança e se aproximaram do empate. Se não fosse a falta de pontaria de Robson… O atacante perdeu um gol feito na pequena área, para a sorte de Muriel.  Coxa ameaça, Flu mata o jogo O Coritiba se adiantou ainda mais no segundo tempo, e Robson mostrou mais categoria ao tentar de fora da área.

O atacante bateu firme, no canto, e a bola explodiu na trave.  A resposta tricolor veio do banco. Felippe Cardoso, que tinha acabado de entrar no lugar de Fred, ganhou no corpo de Sabino, tirou do caminho Wilson e mandou para o fundo da rede.  Em uma tabelinha de seus zagueiros na área, o Flu chegou ao terceiro gol.

Nenê cobrou falta, Matheus Ferraz desviou para o meio e Nino mandou para dentro.  O Coxa não tinha nem sorte: Robson acertou mais uma bola no poste em cruzamento que foi direto no travessão.

Não era noite de Robson. Mas sim do Fluminense…  Já perto do fim, Dodi arrancou ainda do campo de defesa até a área adversária. Natanael derrubou o meia adversário e acabou expulso. Depois de mais de um ano, Ganso voltou a marcar um gol para fechar o placar.

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui