Lionel Messi entrou no intervalo e resolveu o jogo. Com dois gols, La Pulga comandou a goleada do Barcelona sobre o Betis, no Camp Nou, por 5 a 2.  Com 11 pontos, os Blaugrana sobem ao décimo lugar de La Liga, ainda seis pontos atrás da líder Real Sociedad. Com 12, os andaluzes estão em sétimo.  Barça cria muito, mas vacila  Marcando alto, o Barcelona teve a primeira chance de marcar logo aos quatro minutos, aproveitando erro na saída de bola adversária.

Ansu Fati recuperou e deixou com Griezmann, que ajeitou o corpo e bateu forte, mas para fora.  Logo na sequência, Fati buscou ele o chute. O jovem recebeu na canhota, cortou para dentro para o chute e buscou arremate colocado, mas a bola também foi para fora.  O Betis atacou bem pela primeira vez o espaço nas costas da marcação aos sete minutos, e arrumou um escanteio.

William Carvalho aproveitou a cobrança para ameaçar de cabeça, e Ter Stegen fez uma grande defesa.  A partida foi disputada em alta velocidade, e o ataque blaugrana conseguia criar com facilidade. Ainda antes dos dez minutos Fati e Griezmann voltaram a ameaçar Claudio Bravo.  O gol catalão saiu aos 21 minutos de jogo.

Dembélé recebeu de Griezmann aberto na ponta direita, cortou para a perna canhota e bateu com violência para estufar a rede.  O Barça seguiu jogando fácil após o gol e Pedri, aos 26, deu um passe de calcanhar fora de série para Griezmann, que mandou arremate beijando a trave. Griezmann teve nova chance aos 32, após pênalti sofrido por Fati, mas parou em Bravo.

Os andaluzes sofreram um pouco depois do gol sofrido, mas aos 38 minutos, na primeira vez que conseguiram mostrar do que é capaz, Alex Moreno rolou bola para Tello mandar arremate perto da trave.  Perto do intervalo, os visitantes avançaram novamente pela canhota, e dessa vez para buscar o empate. Tello fez o cruzamento, a bola passou por Canales e ficou para a finalização de Sanabria para a rede.

Messi entra e desequilibra Ronald Koeman mandou Lionel Messi para o segundo tempo. E só Messi para conseguir que Griezmann marcasse. Logo aos três minutos, o argentino recebeu no meio da área e deixou a bola passar para o francês, com o gol aberto, mandar para dentro.  Com Messi, a eficiência do Barcelona foi outra.

O argentino serviu Dembélé aos 13, e o francês só foi freado por Mandi, que desviou com o braço. O árbitro marcou pênalti e expulsou o defensor. Messi ampliou a vantagem para 3 a 1.  Mesmo com dez, o Betis conseguiu voltar ao jogo usando sua arma fatal: Alex Moreno. O lateral arrancou mais uma vez pela canhota e rolou para Loren Morón empurrar para o gol.

Para acabar com qualquer chance de surpresa no Camp Nou, o genial Messi recebeu um belo passe de Sergi Roberto e, na cara de Bravo, fuzilou o goleiro chileno para explodir a rede.

Messi ainda tentou o triplete, mas teve gol anulado e parou em Bravo em arremate de perna direita. Quem fechou a conta foi o jovem Pedri, que recebeu de Sergi Roberto na segunda trave para marcar o quinto gol.

O Gol

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui