Um projeto no mínimo controverso em tempos de pandemia está aguardando tramitação nas comissões e consequente aprovação em plenário na Câmara de Campina Grande. Trata-se do Projeto de Lei 151/2021 que cria uma verba indenizatória e abre crédito suplementar na Lei Orçamentária no valor de R$ 1,5 milhão.

Pela proposta, cada parlamentar poderá utilizar até R$ 5 mil mensais para gastos com divulgação e com outras despesas no exercício da atividade parlamentar. Caso deixe de utilizar em um mês, o valor não poderá ser acumulado com o mês posterior.

O projeto é de autoria da Mesa Diretora da Casa e está assinado pelo presidente Marinaldo Cardoso, além dos vereadores Eva Gouveia, Saulo Germano, Valéria Aragão, Jô Oliveira, Saulo Germano e Waldeny Santana. As informações são do portal ParlamentoPB

Blog do Ninja 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui