Reprodução

Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira , seguiu a linha do depoimento do presidente do Senado , Rodrigo Pacheco , na noite de ontem (9), e firmou o compromisso com a democracia e garantiu que o Brasil terá eleições em 2022. O pronunciamento foi feito numa rede social, um dia após o presidente Jair Bolsonaro ameaçar o sistema eleitoral .

“Deixemos que o eleitor tenha emprego e vacina, que deixe o seu veredito em outubro de 2022 quando encontrará com a urna ; essa sim, a grande e única juíza de qualquer disputa política. O nosso compromisso é e continuará sendo trabalhar pelo crescimento e a estabilidade do país”, afirmou Lira.

Além disso, o presidente da Câmara afirmou que seguirá avançando com as reformas econômicas, e continuará sendo a casa e a voz do povo. ” Câmara será sempre a voz de um povo livre e democrata e sempre estará pronta para ajudar o Brasil a continuar a crescer e se encontrar com seu destino de país desenvolvido e socialmente justo.”

Ele também reiterou a força das instituições da República, que “não se abalarão com oportunismo”.”Em uma hora tão dura como a que vivemos hoje, saibamos todos que o Brasil sempre será maior do que qualquer disputa política “, completou.

Continua após a publicidade

Ontem, o presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco disse que qualquer um contrário ao sistema eleitoral e à democracia seria visto como inimigo da nação. Ele convocou coletiva após o presidente Bolsonaro dizer para apoiadores que “ou fazemos eleições limpas ano que vem, ou não teremos eleições”.

IG

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui