Eleito presidente dos Estados Unidos, Joe Biden conversou nesta terça-feira (10) com Emmanuel Macron e com Boris Johnson por telefone
 REUTERS – JONATHAN ERNS

Donald Trump segue sem aceitar a derrota na eleição presidencial para o democrata Joe Biden. Enquanto isso, os líderes europeus se apressam para iniciar as relações com o futuro presidente dos Estados Unidos. Nesta terça-feira (10), Biden conversou por telefone com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, o presidente francês, Emmanuel Macron, a chanceler alemã, Angela Merkel, e o premiê irlandês, Micheál Martin.

Macron já havia enviado uma mensagem ao americano no sábado (7), quando a imprensa Estados Unidos declarou a vitória do democrata na corrida contra Donald Trump. A ligação, realizada às 17h30 desta terça (horário de Paris) segundo a CNN, dá início a uma conversa que o presidente francês pretende que seja frequente. Macron ainda não conhece Biden pessoalmente.

Já na mensagem de sábado, pelas redes sociais, o francês pediu ao próximo líder dos EUA que trabalhem juntos. “Temos muito o que fazer para enfrentar os desafios atuais”.

Uma das primeiras ações esperadas do governo de Biden é o retorno dos Estados Unidos no acordo climático de Paris. Trump havia deixado o pacto internacional em 2017, saída oficializada no dia das eleições presidenciais.

No Eliseu, Emmanuel Macron, presidente da França, liga para o democrata Joe Biden, eleito presidente dos Estados Unidos (10.nov.2020)
No Eliseu, Emmanuel Macron, presidente da França, liga para o democrata Joe Biden, eleito presidente dos Estados Unidos (10.nov.2020) © AP – Ian Langsdon

A questão climática apareceu também na conversa com o primeiro-ministro britânico nesta terça-feira. A ligação de Boris Johnson para parabenizar o democrata foi anunciada pelo premiê no Twitter.

“Estou ansioso para reforçar a parceria entre nossos países e trabalhar com ele em torno de nossas prioridades comuns, da luta contra a mudança climática à promoção da democracia e a reconstrução após a pandemia”, disse.

A retomada do multilateralismo e da cooperação entre os Estados Unidos e a União Europeia em diversos temas é a expectativa dos líderes europeus. Foi este também o tema da conversa com a chanceler alemã, Angela Merkel, e com o primeiro-ministro irlandês, Micheál Martin.

Apesar do reconhecimento internacional da vitória de Biden, Trump ainda não parece pronto a aceitar sua derrota.

Enquanto o democrata dava continuidade a seus contatos diplomáticos como presidente eleito dos Estados Unidos, o republicano publicava mensagens no Twitter questionando a legitimidade das eleições presidenciais e pedindo ação da Justiça.

Texto por: Cristiane Capuchinho

Noticiário Francês 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui