O líder norte-coreano expressou a esperança de que a cooperação entre os dois países se fortaleça “como os tempos exigem” e de acordo com os desejos e interesses dos dois povos.

Kim Jong-un, líder norte-coreano, respondeu a uma mensagem do presidente chinês, Xi Jinping, destacando a “necessidade de fortalecer a união e a cooperação” entre Pyonyang e Pequim para “fazer frente aos desafios gerais e às forças hostis”, bem como retomar o desenvolvimento e consolidar o Estado e o sistema social, informou a KCNA.

Além disso, o líder norte-coreano falou sobre as decisões tomadas durante o congresso do Partido dos Trabalhadores em janeiro, do Partido dos Trabalhadores em janeiro, que incluem a “posição política sobre o fortalecimento das capacidades de defesa do país, as relações intercoreanas e as relações entre a Coreia do Norte e os EUA”, além de expressar esperança de que a cooperação entre a Coreia do Norte e a China seja fortalecida “como exigido pelos tempos e de acordo com os desejos e interesses fundamentais” das duas nações.

Anteriormente, Xi Jinping enviou uma mensagem a Kim Jong-un, enfatizando que, devido à pandemia, a situação internacional e regional sofreu “mudanças profundas”, observando que a “China está disposta a trabalhar com a Coreia do Norte e as partes relevantes para encontrar uma solução política para o problema da península coreana”.

Kim Jong-un também ressaltou a vontade do país e do povo de reforçar a amizade e a união em prol dos desejos e interesses dos dois povos.

Sputnik 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui