Renato alertou: o Flamengo não desistiu do Campeonato Brasileiro. A comprovação veio neste sábado. Diante do Fortaleza, na Arena Castelão, o Rubro-Negro, mesmo castigado pelos desfalques, soube aproveitar as oportunidades no segundo tempo para vencer por 3 a 0.

Com o resultado, a equipe carioca soma 42 pontos e, com dois jogos a menos, mantém em 11 a distância para o líder isolado Atlético. Do outro lado, o Leão do Pici permanece com 39 e ocupa a quarta colocação.

Fla tem a bola, mas não ameaça Apesar dos inúmeros desfalques, o Flamengo foi fiel ao seu estilo de jogo nos primeiros minutos. Com mais posse, o Rubro-Negro avançou suas linhas e incomodou a construção de jogo do Fortaleza.

A intensidade inicial, porém, não se traduziu em grandes oportunidades de gol. Na melhor chance criada, Filipe Luís acionou Thiago Maia pela meia esquerda, que arriscou de fora e mandou pela linha de fundo.

Do outro lado, o Leão do Pici, muito preocupado em fechar os espaços na defesa, pouco conseguiu ter volume no campo de ataque. Sem explorar a velocidade pelos lados e com Wellington Paulista isolado na referência, o time de Vojvoda sequer finalizou na direção da meta defendida por Gabriel Batista.

Nos minutos finais, o Rubro-Negro perdeu intensidade, passou a errar muitos passes, principalmente no meio campo, e o duelo ficou morno na Arena Castelão. Na última oportunidade da primeira etapa, aos 42, Pikachu tentou de longe, mas mandou por cima. Intenso e certeiro, Fla vence O Fortaleza voltou mais agressivo para o segundo tempo.

Logo no primeiro minuto, David, que entrou no lugar de Edinho, fez um carnaval pelo lado esquerdo e tentou o chute. A bola desviou em Léo Pereira e saiu em escanteio. No lance seguinte, após bola levantada na área, Wellington Paulista tentou de letra, mas não acertou a finalização. O bom início tricolor acabou interrompido pela bola parada rubro-negra.

Aos 15, após cobrança de escanteio pela direita, Felipe Alves saiu mal e Pedro apareceu livre para empurrar para o fundo das redes. Na frente do placar, o rubro-negro ganhou confiança e aproveitou o momento de instabilidade do Leão do Pici para definir a partida.

Aos 19, Andreas cobrou falta de fora da área, a bola desviou no meio do caminho e Felipe Alves fez a defesa. No rebote, Michael mostrou oportunismo e ampliou a vantagem rubro-negra. Na lona, o time de Vojvoda demorou para se reconectar e foi castigado outra vez.

Matheuzinho fez ótima jogada pela direita, se livrou com certa facilidade da marcação e cruzou na medida para Michael, que testou firme e praticamente selou a vitória rubro-negra. Para piorar a vida dos cearenses, pouco tempo depois de levar três gols seguidos, Ronald se enroscou com Rodrigo Caio, deixou o braço e acabou expulso. Com um a menos, o Fortaleza se tornou presa fácil do Flamengo, que administrou o resultado e conquistou mais uma vitória no Campeonato Brasileiro.

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui