Eleição pode não acontecer na quinta-feira (Foto: Walla Santos/ClickPB)

O edital para eleição indireta para prefeito e vice-prefeito de Bayeux foi anulado pela Justiça, suspendendo assim, a realização do pleito, que seria na próxima quinta-feira (13). Só nesta terça-feira (11), esta já é a segunda decisão sobre a eleição da cidade, que é cercada de controvérsias.

Continua depois da publicidade

De acordo com informações divulgadas no programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM, foi a vereadora Lucília Freitas quem entrou com a ação. Ela, que inicialmente se inscreveu como vice na chapa que trazia Inaldo Andrade como candidato a prefeito, foi impedida de concorrer por não ter obtido autorização do partido, o Democratas.

Nesta terça-feira (11) mais cedo, o juiz Miguel de Brito Lyra Filho,negou o pedido de Adriano da Silva Nascimento para anular a eleição indireta.

ClickPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui