Foto: reprodução

O julgamento de quatro acusados de participação no assassinato de Marcos Antônio Filho, de 28 anos, em junho de 2016. A audiência, que aconteceria nesta segunda-feira (31), será remarcada. A irmã Maria Celeste de Medeiros, foi condenada a 29 anos de prisão, em 2018.

O estudante Marcos Antônio de 28 anos, foi morto em uma padaria no bairro Jardim Luna, no dia 4 de junho. De acordo com a Polícia Civil, os homens foram contratados pela irmã da vítima, por R$ 13 mil e pretendia pagar o crime aos executores vendendo os bens da própria vítima.

Werlida Raynara da Silva, que mantinha um relacionamento amoroso com Maria Celeste, também foi condenada pelos crimes de homicídio e roubo. Ela recebeu a pena de 17 anos e 4 meses de prisão.

Ao todo, sete pessoas foram presas pelo envolvimento no crime: Ricardo de Sousa, de 31 anos, autor do disparo; Nielson da Silva, de 38 anos, comparsa do atirador; Severino Fernando, de 37 anos, que serviu de ponte entre a irmã e os criminosos; Wérlida Raynara, de 21 anos, que seria namorada de Celeste; e João Cardoso, de 54 anos, que está preso preventivamente, pois seria comprador de imóveis da família.

Portal Paraíba.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui