O governador João Azevedo (Cidadania) comentou a possível filiação do ex aliado e ex governador Ricardo Coutinho ao Partido dos Trabalhadores. João afirmou que não irá interferir nas negociações, mas que partido deve se responsabilizar por qualquer decisão.

O governador disse que sua prática política não é de ingerência. “Eu coloco de uma forma clara, interferir não é meu jeito de agir na política. Primeiro, o PT é um partido de tradição, um partido independente que deve resolver os problemas internamente”, destacou.

Por outro lado, Azevedo afirmou que se o fato ocorrer, o partido deve arcar com as consequências.

ParaíbaRádioBlog 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui