Divulgação

IPVA vai ficar mais caro em 2022; saiba como calcular

Se você tem um carro, deve preparar o bolso em 2022. O IPVA (Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores) deve ficar mais caro no ano que vem, acompanhando o aumento nos preços de carros novos e usados.

Continua depois da publicidade

É claro que cada estado tem uma alíquota diferente do IPVA, que, inclusive, não passou por reajustes. Mas todos eles levam em conta o valor venal dos veículos na Tabela Fipe, no caso de carros usados, ou o valor que consta na nota fiscal da compra, no caso de veículos novos.

Dados mais recentes da Fipe mostram que os usados subiram mais de 31,8% em 12 meses. Os modelos novos tiveram alta de 19,3% no mesmo período.

O que explica esse aumento nos preços?

O preço mais alto é resultado, principalmente, da paralisação das fábricas, dada pelas medidas de isolamento social contra a Covid-19, e pela crise no mercado de semicondutores, usados como matéria-prima para a produção dos veículos.

Os carros, então, ficaram mais caros de se produzir. A falta de estoque nas concessionárias fez com que a procura pelos usados fosse maior.

Com o aumento nos preços, sobe também a base de cálculo do IPVA, mesmo que a alíquota do imposto continue a mesma.

Como calcular o IPVA de 2022?

Cada estado tem sua alíquota de IPVA exclusiva. Com ela em mãos, basta multiplicá-la pelo valor do veículo na Tabela Fipe, para usados, ou na nota fiscal, para veículos novos.

IG

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui