O Internacional não saiu do 0 a 0 com o Always Ready, hoje (26), no Beira-Rio, pela última rodada do grupo B da Libertadores. O resultado, ainda que longe do esperado em casa, confirma o primeiro lugar da chave e o avanço às oitavas de final da competição.

O Colorado ficou com dez pontos, em primeiro. O Olimpia-PAR venceu o Deportivo Táchira-VEN e avançou em segundo, com nove. Os bolivianos foram eliminados com sete. O adversário gaúcho na fase de mata-mata do torneio de clubes mais importante do continente será conhecido em sorteio na próxima terça-feira (dia 2).

O Inter volta a campo no domingo, quando abre sua participação no Campeonato Brasileiro enfrentando o Sport em casa.

Foi bem: Saravia mostra ritmo de jogo

O lateral direito mostrou recuperação plena após o longo período afastado. Participando bem das jogadas ofensivas, Saravia está apto a reassumir a titularidade, até porque o contrato de Rodinei acaba no fim deste mês.

Foi mal: Lindoso contribui pouco

O volante contribuiu pouco na saída de bola do Inter. Lento na transição, acabou substituído no segundo tempo.

Taison volta a posição de origem

Taison voltou a ocupar o posto de seu início de carreira. Depois de começar o jogo como meia, ele foi deslocado para a ponta esquerda, jogando no ataque com Palacios e Galhardo. O rendimento foi regular. O capitão do time criou algumas chances, teve algumas conclusões, mas acabou peso na marcação forte do rival a maior parte do tempo.

O jogo do Inter: Ramírez alterna formações e faz testes

Miguel Ángel Ramírez utilizou, hoje, boa parte das formações com as quais já trabalhou o Inter. Começou o jogo com 4-4-2 e Taison como meia atrás de Palacios e Galhardo. Alguns minutos adiante utilizou Lindoso como zagueiro e deu total liberdade aos laterais. Mas percebendo que não conseguia frequentar a área do rival como gostaria, retomou o 4-3-3 que lhe caracterizou até agora. Porém, em todos os formatos de time ele mudou o posicionamento dos laterais. Saravia e Léo Borges jogaram bem abertos, ao contrário do que era pedido anteriormente. O Inter foi superior durante praticamente todo o jogo, criou boas chances e teve picos de 80% de posse de bola ao longo do encontro, mas faltou o gol. No segundo tempo, com muitas trocas, o rendimento caiu e o time gaúcho esteve aquém do esperado.

O jogo do Always Ready: bolivianos pouco tocam na bola

O Always Ready adotou uma postura comum para visitantes. Tratou de recuar suas linhas e defender cada palmo de campo com força, faltas e muito empenho. Brigou o quanto conseguiu, evitou construções mais efetivas do Inter, mas pouco ameaçou no ataque. As saídas isoladas acabaram em erros ou conclusões falhas, sempre em velocidade. Houve, efetivamente, uma boa chance de gol apenas, que parou em Lomba.

FICHA TÉCNICA
INTER 0 X 0 ALWAYS READY
Data
: 26/05/2021 (Quarta-feira)
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Patricio Loustau
Auxiliares: Julio Fernandez e Christian Navarro
Cartões amarelos: Lindoso (INT)

Inter
Marcelo Lomba; Saravia, Lucas Ribeiro, Cuesta e Léo Borges; Lindoso (Caio Vidal), Edenilson (Dourado) e Nonato (Mauricio); Palacios (Lucas Ramos), Taison e Thiago Galhardo (Guerrero).
Técnico: Miguel Ángel Ramírez.

Always Ready
Lampe; Enoumba, Rambal e Cabrera; Vieira (Algarañaz), Ramallo (Hernández), Saucedo e Flores; Mosquera (Árabe), Machado e Ovejero (Mascote).
Técnico: Omar Asad.

Uol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui