Piero Ausilio, diretor de futebol da Internazionale, fez uma atualização geral do mercado de transferências em entrevista à Sky Sports. O dirigente aproveitou para encerrar rumores de mercado e clarificou a situação de Lautaro Martínez, alvo do Barcelona. Começamos então por uma das principais novelas desta pausa pandêmica: o futuro de Lautaro Martínez.

Não é segredo que o Barcelona quer o atacante, que já ganhou elogios efusivos por lá, inclusive de Lionel Messi. Mas a situação financeira do clube catalão é complicada, e a Inter não tem a mínima intenção de facilitar esse negócio. “É um trunfo importante para o clube. Existe uma cláusula (111 milhões de euros)”, explicou Ausilio.

“A Inter não precisa vender, nem quer vender seus melhores jogadores, mas sim se fortalecer”, defendeu, lembrando que o atacante ainda tem longo contrato com o clube. Werner, Cavani, Sánchez, Cunha… Sobre o ataque da Inter, Ausilio afirmou estar satisfeito com Lukaku e Martínez, e ainda imagina que Alexis Sánchez possa mostrar trabalho antes do fim do empréstimo.

O chileno pertence ao Manchester United e pode seguir em Milão se conseguir convencer o clube. Com esse cenário, Edinson Cavani não faz parte dos planos: não faria sentido pegar um veterano renomado para ser reserva. “Estaríamos falando sobre um quarto atacante e não é Cavani que temos em mente”, resumiu. Outro nome apontado ao clube é Timo Werner.

Com 24 anos, o goleador do RB Leipzig se encaixaria no perfil pretendido pela Inter, com capacidade para jogar e projeção para o futuro. Mas Werner tem outros planos. “Gostamos dele, mas ele não vem. Conheço os motivos, e são diversos. Conheço a opinião dele e de seu entorno”, confessou, indicando que o atacante tem em mente outra transferência – o Liverpool é apontado como o destino mais provável.

Já Matheus Cunha, que foi companheiro de Werner no Leipzig e acabou assinando com o Hertha Berlin no meio da temporada, interessa à Inter e é opção mais realista. “Estamos interessados e seguimos ele”, confirmou sobre o atacante brasileiro de 21 anos. Meio-campo e empréstimos Para o meio-campo, o alvo aberto é Sandro Tonali. Grande revelação do Brescia, o “novo Pirlo” interessa também à Juve e não faltam pretendentes para o jogador de 20 anos.

O problema é justamente a valorização. “Ele certamente tem as qualidades para jogar na Inter, não sei é se temos a qualidade econômica para realizar essa transferência”, lamentou. Vidal, do Barcelona, seria um alvo mais realista para o meio-campo e muito se falou na possibilidade de envolver o jogador para abater o preço de Lautaro.

Mas a Inter não tem interesse no veterano – “nosso meio é forte”, defendeu. Emprestado ao Cagliari, Nainggolan retorna e faz parte dos planos (saiu em grande parte para ficar mais perto da família da esposa, em luta contra o câncer).

Perisic ainda pode retornar do Bayern de Munique, mas não é certo. Icardi quer seguir no PSG e deve ser negociado. Já Ashley Young, emprestado pelo Manchester United, vai seguir na Inter. O clube já optou por renovar o contrato, que era uma possibilidade prevista no acordo.

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui