O Internacional, enfim, conseguiu um bom resultado fora de casa na Libertadores. Diante do Olímpia, em Assunção, o Colorado não teve vida fácil, mas foi superior e tirou proveito da expulsão de Salcedo para vencer por 1 a 0. O gol da partida foi marcado por Yuri Alberto.

Com o resultado, o time comandado por Miguel Ángel Ramírez soma nove pontos e remota a liderança do Grupo B. Na última rodada, a equipe gaúcha precisa apenas de um empate contra o Always Ready, no Beira-Rio, para avançar às oitavas da Liberta. Poucas emoções Mesmo fora de casa, o Internacional foi o dono da bola em Assunção.

Com mais de 70% de posse de bola, o time comandado por Miguel Ángel Ramírez controlou as ações, mas criou pouco no campo ofensivo. De concreto, apenas uma oportunidade. Aos nove, após boa troca de passes, Palacios recebeu com espaço pela esquerda e cruzou na boa para Thiago Galhardo, que subiu livre, mas cabeceou para fora.

Do outro lado, apesar de ter pouco a bola, o Olímpia foi objetivo em suas jogadas no ataque. Aos 37, Estigarribia aproveitou rebote na entrada da área e acionou Torres livre às costas da defesa colorada.

O lateral bateu firme e tirou tinta trave direita de Marcelo Lomba. Nos minutos finais, o time paraguaio sentiu o bom momento e tentou aumentar o ritmo, esboçando uma pressão para cima dos brasileiros, que se defenderam bem e levaram o placar zerado para o intervalo.  Inter fica com um a mais, pressiona, mas não marca Na volta do intervalo, o panorama se manteve.

Fazendo valer sua superioridade técnica, o Internacional ficou com a bola, trocou muitos passes, mas encontrou muita dificuldade para criar espaços na defesa do Olímpia. Nos minutos iniciais, o Colorado protagonizou dois bons lances, mas pecou na finalização. Primeiro com Edenílson, que recebeu de Thiago Galhardo e mandou para fora.

Depois com Moisés, que aproveitou cruzamento de Saravia e cabeceou nas mãos de Aguilar. Até que aos 20, Salcedo colocou o braço na bola, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Com um jogador a mais, o domínio brasileiro só fez aumentar. Logo na sequência, Cuesta e Maurício apareceram em grandes condições para marcar, mas Aguilar salvou.

Na base da insistência, o Inter foi premiado. Aos 40, Moisés dominou pela esquerda e cruzou para a segunda trave. Marcos Guilherme escorou de cabeça, e Yuri Alberto finalizou de primeira, no cantinho, sem chances para o goleiro.

Na sequência, o Olímpia tentou a resposta com Camacho, que cobrou falta e obrigou Lomba a fazer grande defesa. Nos acréscimos, Yuri Alberto, autor do gol, acabou expulso e tornou o fim de jogo dramático. O Colorado, entretanto, se segurou e garantiu a vitória.

O Gol

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui