Neste domingo, começou oficialmente a era Pós-Messi. Diante do seu torcedor no Camp Nou, o Barcelona mostrou força, teve uma atuação dominante, principalmente na primeira etapa, e venceu a Real Sociedad por 4 a 2, em jogo válido pela primeira rodada do Campeonato Espanhol.

Na próxima rodada, a equipe comandada por Ronald Koeman visita o Athletic, no San Mamés. Do outro lado, o time basco recebe o Rayo Vallecano, no Anoeta.

Barça vai bem pelo alto e abre vantagem Os primeiros minutos oficiais sem Lionel Messi foram de domínio do Barcelona no Camp Nou. Com o adversário fechado, o time de Ronald Koeman rodou bem a bola no ataque e criou boas oportunidades para abrir o placar.

Sem esconder a saudade que ficou de seu último camisa 10, a torcida barcelonista escolheu o minuto dez da partida para, em uma só voz, reverenciar um dos maiores ídolos de sua história: Messi, Messi, Messi! Homenagens nas arquibancadas, boa atuação em campo.

Aos 11, após cobrança de escanteio, Griezmann apareceu na primeira trave e carimbou o travessão de Remiro. A superioridade blaugrana foi premiada pouco depois. Depay cobrou falta da direita e encontrou Piqué, que, na entrada da pequena área, testou firme para as redes.

Mesmo na frente do placar, os Culés mantiveram o ímpeto e não deram chance para a reação dos bascos. Aos 25, De Jong lançou Braithwaite, que cruzou rasteiro para Depay. O holandês chegou batendo, mas Merino salvou os visitantes. Nos minutos finais, a Real Sociedad tentou sair para o ataque, mas acabou levando novo prejuízo.

Já nos acréscimos, De Jong colocou na área, Braithwaite apareceu na segunda trave e, de cabeça, marcou o segundo: 2 a 0. Real Sociedad reage, mas não evita derrota Na volta do intervalo, o Barcelona manteve o controle nos primeiros minutos. Logo aos dois, Griezmann chegou a balançar as redes, mas foi flagrado em posição de impedimento.

Na sequência, Alba apareceu livre, cara a cara com Remiro, mas desperdiçou. Assim como na primeira etapa, os Blaugranas levaram a melhor pela insistência. Aos 13, Alba recebeu de Depay e bateu cruzado.

Remiro espalmou e, na sobra, Braithwaite apareceu para marcar o segundo dele e o terceiro do Barça. A partir do terço final de partida, enfim, a Real Sociedad acordou na partida. Com mais presença ofensiva, o time basco iniciou uma reação no Camp Nou. Aos 36, Barrenetxea descolou belo lançamento para Lobete, que descontou.

Pouco depois, Oyarzabal cobrou falta com perfeição e acertou o ângulo, sem chances para o brasileiro Neto. A força visitante, que assustou o Barça, chegou ao fim aos 45. Griezmann iniciou boa jogada pelo meio e acionou Braithwaite. O sueco, grande nome da partida, cruzou na medida para Sergi Roberto, que completou bonito e deu números finais à partida.

 O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui