Bruno Barros, de 28 anos, não resistiu aos ferimentos (Foto: Click PB)

Imagens de câmeras de segurança comprovaram que a motorista que provocou o atropelamento do motoboy Bruno Batista Barros, de 29 anos, ultrapassou o sinal vermelho. Bruno Barros, de 28 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local do acidente.

Continua depois da publicidade

A motorista suspeita de provocar a colisão dirigia um veículo preto e ultrapassou o sinal vermelho no Bairro dos Estados, em João Pessoa. O carro, que permaneceu no local do acidente, foi incendiado em protesto.

A mulher deixou o local onde o motociclista foi atingido, sem prestar socorro, mas se entregou à polícia, em outro lugar, cerca de 800 metros de distância onde ocorreu o acidente. Na Central de Polícia, ela foi ouvida e liberada para responder o processo em liberdade.

ClickPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui