Foto: Reprodução

Uma idosa de 62 anos de idade foi presa, na tarde desta terça-feira (9), após ser flagrada por policiais civis no momento em que recebia uma encomenda contendo 600 comprometidos de drogas sintéticas do tipo ecstasy.

A Polícia acredita que a mulher estava atuando para beneficiar um filho que já se encontra preso. O caso ocorreu no bairro dos Expedicionários, em João Pessoa.

A prisão foi realizada por equipes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes de João Pessoa (DRE/JP), com apoio da Polícia Civil do Paraná. “A gente já vinha mantendo investigações e contato com a Polícia Civil do Paraná, com intuito de coibir a ação de criminosos que estão enviando drogas do Paraná para a Paraíba”, disse Bruno Germano, delegdo da DRE/JP.

“Tivemos informações que um carregamento de drogas seria entregue hoje e iniciamos diligências para acompanhar a entrega”, completou ele. No momento da prisão, a idosa negou que tivesse conhecimento do conteúdo da encomenda. Mas a Polícia descobriu que ela é mãe de um presidiário e que o filho estava em constante contato com a mulher a fim de saber sobre a carga de drogas.

“Temos indícios suficientes para acreditar que a idosa sabia que havia material ilícito na encomenda”, afirmou o delegado.

Paraíba Online 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui