Conhecido por suas opiniões enfáticas sobre a cena política, o deputado estadual Hervázio Bezerra (PSB) avaliou hoje como “razoavelmente fácil” a reeleição do governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania). Para traçar essa previsão, Hervázio elogiou as ações de João como chefe do executivo estadual no gerenciamento de crises como as que eclodiram no início de seu mandato como o escândalo da Opereação Calvário, a criação de um bloco independente na Assembleia (o G11) e o surgimento da pandemia de coronavírus.

“Ele, que diziam não ser político, aprendeu rápido. E hoje tem uma eleição razoavelmente fácil”, previu Hervázio, acrescentando que a oposição ao governador torna a caminhada do gestor menos atribulada: “João Azevêdo tem a oposição que pediu a Deus. O bloco não tem um líder, um representante de peso. O nome de Romero Rodrigues surgiu para disputar o Governo, mas não conseguiu unificar o bloco. Ele se irritou comigo porque eu disse isso, mas eu apenas falei a verdade”, comentou Hervázio durante entrevista ao programa Muito Mais, da TV Band Manaíra.

Ao tratar das ações deflagradas pelo Governo da Paraíba no combate à pandemia, o deputado afirmou que elas foram fundamentais para sanar a demora do governo federal em iniciar a vacinação contra a Covid. “Por dever de Justiça, é preciso reconhecer também o trabalho neste sentido do então prefeito Luciano Cartaxo”, comentou, gerando a pergunta de que outros feitos poderiam ser creditados ao período de permanência de Cartaxo na prefeitura da capital: “Ele foi um exímio pintor de meio fio. Também arrancou o asfalto da Epitácio Pessoa várias vezes e demorou quatro anos, mas construiu aquela passagem molhada no fim da Beira Rio, ali perto onde ficava aquela rotatória com as pombas”.

Hervázio ainda falou sobre a possibilidade do filho, Leo Bezerra, atual vice-prefeito de João Pessoa, disputar um cargo eletivo nas eleições de 2022. “O nome dele tem sido sempre lembrado, mas minha opinião é que ele deve se candidatar a ser vice-prefeito e ajudar Cícero Lucena a gerir o município de João Pessoa”.

ParlamentoPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui