Kai Havertz e Kevin Volland ainda não tem seus destinos oficializados, mas não espere pela permanência da dupla no Bayer Leverkusen. Peter Bosz, técnico do clube, reconheceu que não conta mais com os dois.

Quinto colocado no Alemão em 2019/20, o Bayer Leverkusen ficou por pouco de fora da Liga dos Campeões, a dois pontos do G4. Havertz, de 21 anos, foi o grande destaque da equipe, e Volland, de 28, é um dos nomes mais importantes da equipe desde que chegou em 2016 e capitão. Nenhum dos dois seguirá em Leverkusen.

“Infelizmente, nosso elenco ainda não foi definido. Não espero mais que Volland e Havertz treinem conosco novamente. É possível que outros jogadores também saíam. Temos de trazer jogadores também definitivamente”, explicou Bosz. Havertz está acertado com o Chelsea e a detalhes de ser confirmado, em uma transferência de 100 milhões de euros.

Já Volland deve seguir para o Monaco, por cerca de 15 milhões de euros. “Para os treinadores seria ótimo se a equipe estivesse pronta para o início dos treinos. Mas quase nunca é o caso.

O Corona mudou muita coisa. Tornou tudo complexo. Como técnico, é minha responsabilidade lidar com isso”, completou Bosz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui