Com gol de Gustavo Silva ainda no primeiro tempo e contando com pênalti defendido por Cássio nos acréscimos, o Corinthians venceu o Mirassol, em Volta Redonda, por 1 a 0, em duelo válido pelo Campeonato Paulista.  O Timão chega a 11 pontos e lidera com folga o grupo A da competição. Com oito, o Leão perde a primeira e vê Guarani e Santos, com cinco, ameaçarem a liderança do grupo D.

Gustavo Silva dá vantagem O esdrúxulo jogo do Paulistão em Volta Redonda teve lá sua emoção.O Mirassol, que mostra ser uma das forças do campeonato fora os grandes, deu trabalho no começo da partida.  Os primeiros movimentos do duelo foram de domínio do Leão, que ameaçou marcar três vezes nos primeiros dez minutos. Faltou pontaria, principalmente para Diego Gonçalves, que perdeu gol cara a cara.

O Corinthians saiu do sufoco com um belo lançamento de Gabriel para Fagner. O lateral avançou e cruzou para Gustavo Silva, livre, abrir o placar.  O gol deixou o jogo mais aberto no restante do primeiro tempo. O Mirassol continuou pecando na hora de finalizar as jogadas, e ficou sempre no quase.

Pouco antes do intervalo, o jovem Rodrigo Varanda chegou muito perto do segundo gol corintiano. O jovem mandou chute no canto, mas Muralha fez ótima defesa.  Cássio segura resultado Com o rival adiantado, o Timão seguiu com espaço para jogar no segundo tempo. Ramiro aproveitou e soltou uma pancada de fora da área, acertando a trave.

O Corinthians conseguiu se soltar na segunda parte, com Otero mais participativo e Varanda avançando constantemente ao ataque. O jovem, aos 25 minutos, deu lugar a Cazares.  O Mirassol, por sua vez, não conseguia ser tão perigoso. Era mais impreciso na hora do último passe, e acabou por criar menos lances de perigo.

Finalizou também com menos frequência se comparado ao que fez no primeiro tempo. Só voltou a pressionar com mais força nos últimos 15 minutos de bola rolando.  Os alvinegros recuaram nos minutos finais, o que deixou o jogo mais incerto.

Houve certo drama no fim, suspense e sofrimento para os corintianos, que contaram com Cássio para segurar o resultado. Já nos acréscimos, o árbitro marcou pênalti por mão de Fábio Santos na área, mas Cássio defendeu a cobrança de Fabrício.

 O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui