A região metropolitana de João Pessoa terá um lockdown a partir de segunda-feira, 1° de junho até o dia 14 de junho. A decisão foi tomada durante uma reunião mantida no fim da manhã de hoje pelo governador da Paraíba, João Azevedo e os prefeitos da Grande João Pessoa. A conversa foi tensa em vários momentos e os prefeitos de Alhandra, Renato Mendes e de Cabedelo, Vítor Hugo, se opuseram ao fechamento das obras da construção civil em seus municípios.

Entre as medidas mais rigorosas estará a adoção de barreiras sanitárias nos municípios nas quais apenas os trabalhadores de áreas consideradas essenciais poderão passar. O rodízio de veículos também será posto em prática com a permissão de automóveis de placas pares em um dia e ímpares, em outro.

A fiscalização do cumprimento dos termos do decreto será feito de segunda a quarta-feira de maneira educativa. A partir do dia 5, haverá punições a quem desobedecer as normas.

O decreto sobre isolamento social editado anteriormente tem vigência até este domingo, 31. Hoje à tarde, os procuradores do Estado e dos municípios da região metropolitana vão se reunir para definir os termos que constarão no decreto.

ParlamentoPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui