Governador Renato Casagrande, do Espírito Santo, prevê que o governo de Jair Bolsonaro “acabará mais cedo se o Ministério da Saúde não comprar todas as vacinas contra a Covid-19 disponíveis e aprovadas pela Anvisa”

247 – O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, prevê que “o governo do presidente Bolsonaro acabará mais cedo se o Ministério da Saúde não comprar todas as vacinas contra a Covid-19 disponíveis e aprovadas pela Anvisa”.

Casagrande, que nesta terça-feira participa de uma reunião dos governadores com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que “o que todos os estados esperam é que o ministro anuncie a determinação de comprar todas as vacinas que forem aprovadas pela Anvisa”.  Foi o que ele afirmou  entrevista ao jornalista Josias de Souza, no UOL.

Ainda conforme Josias de Souza, o governador disse que, embora “Bolsonaro não se preocupe muito com isso”, “ficará muito ruim para o governo federal se São Paulo vacinar sua população antes dos outros estados. Não ficará bem para o presidente se os estados tiverem que comprar vacina para iniciar a vacinação sem uma coordenação federal”.

“Se Bolsonaro comprar as vacinas que ajudarão a salvar vidas e a recuperar a economia brasileira, ele ganha um fôlego em 2021. Do contrário estará politicamente derrotado”, avaliou Casagrande.

Brasil 247

Compartilhar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui