Gleisi sugere que petistas entreguem cargos no Estado: “Tem que sair todos”

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

A presidente do PT nacional, Gleisi Hoffmann, falou a respeito do imbróglio que envolve a sigla em âmbito nacional e o PT de João Pessoa com relação às candidaturas de Anísio Maia e Ricardo Coutinho durante entrevista à Rádio Arapuan FM na tarde desta quinta-feira, dia 29.

Gleisi declarou que Ricardo Coutinho é um político que sempre defendeu os ex-presidentes petistas Lula e Dilma e com o qual a sigla se identifica. Ela ainda apontou que o apoio a Ricardo não é nenhuma novidade já que antes de qualquer nome ser colocado na mesa já havia a pré-disposição de que o apoio fosse firmado em João Pessoa.

“Ricardo é uma pessoa com quem nos identificamos e que também passou a ser objeto de perseguição, já havia uma pré-disposição de caminhar com ele, isso já tinha sido discutido lá atrás, mas não tínhamos um fato concreto” declarou.

Com relação ao desfecho político que o embate jurídico que envolve a sigla pode causar, Gleisi afirmou que já que o mesmo já foi iniciado, resta à sigla se defender.

Ela ainda citou a postura do ex-deputado Luiz Couto que anunciou apoio a Ricardo e pediu que os demais petistas, sobretudo os que estão no governo estadual, seguissem o exemplo e fizessem o mesmo.

“Luiz Couto teve uma postura muito  coerente, muito séria ao declara apoio a Coutinho, se afastar do governo, aliás se tiver petista nesse governo daí tem que se afastar, tem que sair todos” sentenciou.

PB Agora

 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *