Geraldo Medeiros rebate Romero Rodrigues sobre duplicação de dados (Foto: Reprodução)

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, rebateu a fala do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, sobre duplicação do número de pessoas contaminadas com covid-19 que o gestor reafirmou estar havendo na Rainha da Borborema. Além disso, disse que faltam técnicos na

“Isso revela um desconhecimento de quem não é da área de saúde e também por ter uma Secretaria Municipal de Saúde que não tem médicos e profissionais de saúde fazendo a gestão”, afirmou. Medeiros ainda revelou que na quinta-feira (25) participou de reunião com os Ministérios Público Federal e Estadual em que também estiveram presentes representantes da saúde de Campina Grande. “Inclusive foi esclarecido pelo próprio secretário de Saúde e pelo coordenador de Vigilância do município a prerrogativa do banco de dados pertence ao município”, afirmou.

De acordo com Medeiros, “a divulgação dos números, feita pelo boletim diário da Secretaria Estadual de Saúde, que é uma mera repassadora dos dados, são fornecidos pelos municípios. Se houver alguma duplicidade ou triplicidade, isso pode ocorrer de pacientes que realizam os testes de covid-19 várias vezes, essa retificação tem que ser feita também diariamente pela Vigilância em saúde do município de Campina Grande. O que ocorre ao longo desses meses é que a Vigilância em saúde do município de Campina Grande não faz essa retificação diariamente, não tem servidores suficientes para suprir essa falha e consequentemente acumula esse número de pacientes que realizam testes duas, três, quatros vezes. Então é culpa única e exclusiva da Vigilância em Saúde do município de Campina Grande e da Secretaria Municipal de Campina Grande essa não retificação dos casos que são duplicados ou triplicados”, finalizou.

ClickPB 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui