Não foi empolgante, nem com o brilho que o torcedor do Fluminense espera, mas a equipe de Roger Machado conquistou mais uma vitória no Campeonato Carioca. O Tricolor enfrentou o Bangu, no Maracanã, e contou com gol de Ganso para vencer por 1 a 0, pela quarta rodada da competição.

O Flu chegou aos 4º lugar, com seis pontos e na próxima rodada, enfrenta o Boavista, em Bacaxá, na terça-feira. No dia seguinte, o Bangu vai até Conselheiro Galvão enfrentar o Madureira.

O time alvirrubro é o oitavo, com quatro pontos. Sem inspiração Como era esperado, o Fluminense iniciou o confronto buscando o gol, mesmo sem ter um centroavante de ofício em campo. Por isso, o time das Laranjeiras acionava os jogadores nas pontas.

A primeira chance de relativo perigo, foi somente aos 21, quando Igor Julião foi ao fundo e cruzou para a área, mas a defesa do Bangu conseguiu o corte. O Tricolor girava a bola, mas não encontrava algum jogador na área, como referência. E o time de Roger Machado precisou de uma jogada individual de Michel Araújo para quase abrir o placar.

O uruguaio limpou a marcação e finalizou com força, mas o goleiro Paulo Henrique fez grade defesa para evitar o pior para o time alvirrubro. Na sequência, Gabriel Teixeira aproveitou bobeada do zagueiro do Bangu e bateu na rede pelo lado de fora. Gabriel Teixeira ainda teve outra oportunidade, mas dessa vez, parou em Paulo Henrique.

O jogador do Fluminense cobrou falta por baixo da barreira e o goleiro foi buscar, levando o 0 a 0 para o intervalo. Flu vence sem sustos Assim que a etapa final começou, foi um filme repetido da inicial. Fluminense no ataque e Paulo Henrique fazendo uma boa defesa.

Ganso cruzou e encontrou Michel Araújo. O atacante dominou, ajeitou e bateu, mas o goleiro do Bangu impediu. Paulo Henrique voltou a ser acionado logo depois, quando Gabriel Teixeira saiu cara a cara com ele e parou em sua defesa. Mas, aos cinco minutos, não deu para Paulo Henrique. Igor Julião cruzou e Ganso bateu de canhota para abrir o placar.

O tento tricolor enfim, acordou o Bangu e ameaçou em cobrança de falta de Scheppa, que Marcos Felipe defendeu. Nada que tirasse o sono do Fluminense.  O jogo que já não era empolgante, deu uma caída no ritmo. Danilo Barcelos acionou Michel Araújo, que ajeitou o corpo e mandou para fora.

O segundo quase veio quando Yuri deixou Gabriel Teixeira na boa. O atacante driblou o goleiro, mas não conseguiu a conclusão. O único susto que o Tricolor levou foi aos 44 e podia ter custado caro. Jean Carlos, dentro da área, finalizou entre os zagueiros e a bola explodiu em Marcos Felipe, que garantiu a vitória do Flu.

O Gol

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui