O Internacional não fez uma grande partida, mas conseguiu uma boa vantagem contra o Vitória na terceira fase da Copa do Brasil. O Colorado bateu o Leão por 1 a 0, no Barradão. Galhardo fez de pênalti, o único gol do jogo.

Com o resultado, o Internacional só é eliminado se perder por dois ou mais gols de diferença. Se perder por um gol de diferença, a vaga será definida nos pênaltis. As equipes se enfrentam na próxima quinta-feira (10), às 21h30, no Beira-Rio.

Faltou futebol  As equipes começaram a partida em um ritmo lento, com mais cautela do que se jogando ao ataque. O Vitória até mostrou que assustaria o adversário, mas com erros no último passe, demorou a assustar o jovem goleiro Daniel.

Já o Internacional finalizou pela primeira vez aos, 13, com Yuri Alberto, mas sem muito perigo. O Internacional então assumiu o controle do jogo, manteve muito mais posse de bola e pouco sofria com os contra-ataques do Vitória. No entanto, pouco criativo, o Colorado tão pouco assustava.

A primeira grande oportunidade do jogo foi do Leão. Aos 34, Guilherme Santos recebeu pela direita, passou por Moisés, bateu bonito e Daniel impediu o que seria um golaço com uma bela defesa.

O Internacional respondeu aos 38, quando Edenilson livre bateu mal e mandou por cima do gol. Após as boas chances criadas, a reta final do primeiro tempo foi mais física, com muitas faltas e pouco futebol.

As equipes apenas esperaram pelo intevalo e pouco fizeram para tirar o zero do placar. Galhardo faz de pênalti As equipes voltaram para a segunda etapa com mais disposição, pelo menos foi o que pareceu nos primeiros minutos.

Aos 4, Gabriel Bispo teve boa oportunidade em cobrança de falta e finalizou com perigo. Aos 6, Caio Vidal perdeu a melhor oportunidade o Internacional no jogo ao, livre, chutar em cima do goleiro Ronaldo.

O jogo voltou a ficar truncado, com muta disputa e poucas boas oportunidades. O Internacional ainda era o ‘dono da bola’ mas sem criativida pouco chegava no gol defendido por Ronaldo. O Vitória nas poucas vezes que conseguiu a posse, também pouco fez. Mas aos 27, após disputa na área e falta boba de Wallace, o Internacional teve um pênalti para bater.

Thago Galhardo que sofreu a penalidade partiu para a bola, bateu forte no meio e abriu o placar no Barradão.  O Internacional esteve perto de ampliar aos 32, quando Taison arriscou da intermediária, a bola desviou em Wallace e tocou no travessão.

O Vitória até foi para cima em busca do empate, mas pouco conseguiu. Ainda teve um lance polêmico aos 40, quando Roberto caiu em disputa com Lucas Ribeiro, mas o árbitro entender como lance normal. Colorado com boa vantagem.

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui