O Flamengo foi o primeiro clube carioca a voltar aos treinamentos presenciais no CT. Na quarta-feira, os jogadores já participaram de atividade no CT Jorge Helal. Nesta quinta, o Rubro-Negro emitiu uma nota explicando o retorno.  De acordo com o comunicado, assinado por membros da diretoria, da comissão técnica e pelos jogadores, os profissionais se sentiram seguros para retomar os treinos.

“Os atletas e os integrantes envolvidos no dia a dia do Ninho do Urubu informam que se sentem seguros e aptos a retomar os treinamentos em razão do protocolo de segurança e prevenção adotado pelo Departamento Médico do Flamengo”, lê-se no comunicado.  Além de ressaltar a estrutura do clube e o protocolo seguido, com a testagem de todos os profissionais do futebol, o Fla garantiu o aval da Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) para retomar as atividades.

“Os treinos foram retomados na quarta-feira (20) em acordo com o protocolo da FERJ. Vale ressaltar que o documento contempla atividades ao ar livre. Sendo assim, os grupos de trabalho são espalhados pelos campos do Ninho do Urubu”, está escrito em outra parte do comunicado.  O retorno aos trabalhos, entretanto, não teve o aval da secretaria municipal de saúde, que inclusive se mostrou surpresa com a volta aos treinos na quarta.

“O retorno aos treinos, físicos ou táticos, ainda não está permitido, ao menos até o próximo dia 25, quando vamos rediscutir. O médico (do Flamengo) ficou de levar à presidência e nos dizer o que está acontecendo lá de verdade.

Nós ficamos sabendo pela imprensa (do treino de quarta). Há mecanismos de fiscalização que estão acontecendo. Nós temos certeza que o Flamengo, que é um grande parceiro do Rio de Janeiro, vai seguir a regra até o dia 25, quando voltaremos a conversar”, declarou a secretária Ana Beatriz Busch.

O Departamento Jurídico rubro-negro, entretanto, não vê, em nenhum dos decretos divulgados tanto pela prefeitura tanto pelo Governo Estadual, nenhum impedimento do retorno às atividades no CT desde que sejam seguidos os protocolos de distanciamento, como foi escrito na nota.

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui