O sonho da casa própria se tornou realidade para 192 famílias de João Pessoa que habitavam áreas de risco e de vulnerabilidade social. Agora elas fazem parte do Residencial Vista do Verde I, no Bairro das Indústrias. O equipamento foi entregue nesta segunda-feira (25) pelo prefeito Cícero Lucena para proporcionar mais do que uma mudança de endereço, mas uma mudança de vida aos novos moradores. A entrega dos apartamentos está ocorrendo de forma planejada para evitar aglomerações.

“Uma vida nova aos 46 anos de idade”, define Sueli da Silva Bernardes, ou Potira Tabajara, nome de batismo indígena da tribo Tabajara – ela está entre as sete famílias indígenas contempladas com uma moradia no Residencial Vista do Verde I. “Hoje, aqui, nessa casa nova, sinto um orgulho comparado apenas à história do meu povo, que foi um dos primeiros habitantes de João Pessoa”, enfatizou.

Uma história cujos próximos capítulos serão escritos num cenário bem melhor em relação ao antigo endereço da família de Sueli Bernardes, a Vila Nassau, no Varadouro, onde ela vivia com o marido e dois filhos em condições precárias. “Uma casa improvisada, um barraco com lonas e madeira. Quando chovia, a gente perdia tudo. Essa realidade faz parte do passado, que a minha família está deixando para trás”, desabafou.

O Residencial Vista do Verde I dispõe de toda infraestrutura necessária à boa qualidade de vida das famílias, com uma quadra poliesportiva, praça com playground para as crianças, área de convivência, rampas com acessibilidade e um salão de festas.  Os 192 apartamentos divididos em 12 blocos têm uma área de 44m², com sala, cozinha, banheiro, dois quartos, área de serviços e vaga de garagem rotativa.

A trabalhadora autônoma, Ivanice Josefa Santana, de 55 anos, é outra contemplada do Residencial Vista do Verde I. Além do conforto do novo lar, ela diz que a mudança de endereço representa, também, uma oportunidade para recomeçar a vida após a perda de sua mãe. “A vida ficou mais difícil pra mim desde que ela se foi, porque eu fiquei sozinha. Mas eu acredito que vou ser feliz aqui, num lugar onde eu tenho condições de viver com dignidade”, afirmou.

ParaíbaRádioBlog 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui