Faltando 15 dias para votação, acompanhemos os fatos que podem interferir na construção de finalistas do segundo turno em João Pessoa

Imagem ilustrativa

E eis que chegou o tempo de afunilamento do processo eleitoral em João Pessoa para a definição dos nomes a compor as duas vagas previsíveis de segundo turno entre os 14 disputantes da Prefeitura de João Pessoa.

Com base nas últimas pesquisas já admitindo novas rodadas de institutos, o candidato Cicero Lucena estaria consolidando uma das duas vagas, enquanto Nilvan Ferreira mais Walber Virgolino, Ricardo Coutinho, Edilma Freire e Ruy Carneiro disputariam a outra vaga. Aliás, por dever de ofício temos de saber como o ex-prefeito vai agir para manter-se nesta condição atual.

Este é um cenário ainda a aguardar os efeitos de uma série de fatos, entre os mais novos a presença de Lula pedindo voto para Ricardo mesmo com Anisio Maia mantendo sua candidatura pelo PT. É fato relevante a merecer identificar a dimensão.

Além do mais, também se faz necessário acompanhar e entender o desempenho de Edilma pelo movimento de crescimento anterior para atestar se avançou ou não.

Neste contexto, vale ainda acompanhar Nilvan Ferreira e Walber Virgolino – dois candidatos na disputa do Bolsonarismo – de cuja reta final vai exigir estratégias eficazes de ampliação da preferência.

Em carreira solo longe de alianças políticas do passado Ruy Carneiro se esforça para alavancar nesta fase da campanha.

É deste conjunto de fatos ainda lembrando Raoni que sairá a disputa de segundo turno em João Pessoa.

Por Walter Santos

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *