Ex-aliado do prefeito de Remígio, André Alves(PDT), denunciou em grupos de WhatsApp crime eleitoral causado na última eleição, o morador diz que a campanha do prefeito André foi comprada: “Compramos a campanha, a campanha de prefeito de Remígio a gente comprou!”

“E eu digo mais aonde a gente deu dinheiro, aonde foi distribuído, aonde foi que a gente foi pegar dinheiro. Que foi entregue dinheiro lá no escritório de André na subida da prefeitura, cada um deu 5mil conto e eu digo e provo porque tenho vídeo entregando os 5mil lá.” Disse

Ele ainda diz que foi entregue na casa do Deputado Chió(REDE) R$ 50mil reais para gastar na campanha, dinheiro usado para compra de votos: “Paulinho veio trazer 50mil reais lá na casa de Chió emprestado pra gastar na campanha […] Se a gente não tivesse botado dinheiro não tinha ganhado a campanha não, tinha perdido!“

Na gravação, o ex-aliado diz que foi feita uma reunião na casa de ‘Galvão’ com a presença de Chió, André e outros líderes para juntar dinheiro e assim ganhar a campanha eleitoral: “A gente juntou dinheiro pra comprar o povo.”

Ele ainda acusa o Prefeito André de ter distribuído 800 (oitocentos) cestas básicas 15 dias antes da eleição, nebulizadores tirados da secretaria de Saúde, qaixas de água e tijolos que caracterizaria compra de votos e crime eleitoral.

De acordo com as alegações, na medida em que foi oferecido vantagem para o eleitor em troca de voto para ganhar a eleição, configura crime eleitoral tipificado no artigo 299, caput, da Lei 4.737/1965 (Código Eleitoral).

Blog do Ninja 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui