Continua depois da publicidade

Três organizações nacionais de pesquisa sobre a Segurança Pública, o Fórum Brasileiro de Segurança Pública – FBSP, o Instituto Sou da Paz e o Instituto Jones dos Santos Neves – IJSN, selecionaram apenas seis iniciativas estaduais entre as 27 unidades federativas como exemplos de excelência na gestão das políticas públicas de Segurança, sendo apenas duas do Nordeste, entre elas, a Paraíba.

Nessa terça-feira (21), secretário da Segurança e Defesa Social da Paraíba, Jean Nunes, participou, em Vitória (ES), da 1ª Oficina de Trabalho Sobre Gestão e Políticas Efetivas de Segurança Pública. O evento, cujo tema é “Uma luz no final do túnel: experiências federativas exitosas no campo da segurança pública no Brasil”, tem por objetivo reunir equipes governamentais formadas por gestores e policiais convidados de Estados que apresentaram programas e ações efetivas no sentido de diminuir, de forma persistente, o crime e a sensação de insegurança.

Nenhuma descrição disponível.Na ocasião, o tenente-coronel Vinícius César de Moura Santana, assessor de Ações Estratégicas da Sesds/PB apresentou os resultados e as boas práticas de segurança pública da Paraíba nos últimos três anos, que têm refletido na melhoria da qualidade de vida dos paraibanos, com a demonstração dos indicadores criminais no estado.

A 1ª Oficina de Trabalho Sobre Gestão e Políticas Efetivas de Segurança Pública tem dois objetivos específicos principais em pauta: o compartilhamento de ações inovadoras e debate sobre os desafios comuns na gestão e governança da segurança pública e a construção de uma síntese sobre os elementos presentes nas políticas efetivas de segurança pública no Brasil e, em particular, empreendidas nas Unidades Federativas participantes da oficina, que compõem a “Carta de Vitória”, que foi assinada por todos as autoridades representantes.

Entre os pontos destacados na Carta de Vitória, comum a todos Estados, estão o sistema de governança executado na Paraíba sob a liderança do governador do Estado, o fortalecimento do controle de armas de fogo ilegais e a transversalidade da política pública com políticas de educação e outras ações de prevenção social da violência.

Nenhuma descrição disponível.O evento foi prestigiado por reconhecidas autoridades no tema da Segurança Pública como Renato Sérgio de Lima, presidente do FBSP; Daniel Cerqueira, presidente do IJSN e pesquisador do IPEA; Caroline Ricardo, presidente do Instituto Sou da Paz; Ricardo Balestreri, ex-secretário nacional de Segurança Pública; e Arthur Trindade, ex-secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, além dos secretários estaduais das unidades federativas representadas e do governador do Espírito Santo, Renato Casagrande.

SecomPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui