Uma equipe de cinema espanhola está em João Pessoa para gravar depoimentos de pessoas sobre o assassinato de uma família de paraibanos inteira em Pioz, Castilla – La Mancha, na Espanha, ocorrida em 2016.

O crime foi cometido pelo e o paraibano François Patrick Nogueira Gouveia e as vítimas eram sua tia, tio e dois primos bebês.

O documentário é uma produção para o grupo de comunicação Atresmedia Studios (A3M), que produziu documentários como ‘Living abroad’.

Relembre:

O paraibano François Patrick Nogueira Gouveia, 22 anos, confessou ter assassinado pessoas da própria família em 2016 na cidade de Pioz, na Espanha e foi condenado à prisão permanente revisável, a pena máxima prevista pela legislação espanhola e terá de passar de 25 a 35 anos na prisão até que a pena possa ser revista.

O crime, ocorrido em 17 de agosto de 2016, chocou a Espanha e a Paraíba de onde era a família e ficou conhecido popularmente como “a chacina de Pioz”.

PB Agora

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui