Em grande fase na temporada, o Palmeiras ampliou, neste domingo, sua sequência de vitórias no Campeonato Brasileiro. Diante do Atlético Goianiense, no Antônio Accioly, em Goiânia, o Verdão controlou as ações no primeiro tempo, foi letal no segundo e venceu por 3 a 0.

Com o resultado, o time de Abel Braga soma a sexto triunfo seguido no Brasileirão, chega a 28 pontos e, de forma isolada, lidera a competição. Do outro lado, o Dragão permanece com 15 e ocupa o 11º posto.

Verdão domina, mas não marca Mesmo jogando fora de casa, o Palmeiras foi melhor do que o Atlético Goianiense, ditou o ritmo das ações, acumulou oportunidades de perigo, mas não conseguiu inaugurar o marcador. Logo aos 40 segundos de partida, Dudu em sua reestreia como titular, quase surpreendeu. O baixinho fez boa jogada pela direita e cruzou.

A bola desviou em Willian Maranhão e encobriu Fernando Miguel, que se esticou e mandou para escanteio Mais intenso e equilibrado, o time comandado por Abel Ferreira passou a maior parte da primeira etapa no campo ofensivo, e só não foi para o intervalo com a vantagem pois não foi eficiente nas finalizações. Willian e Raphael Veiga foram protagonistas das melhores chances, mas desperdiçaram.

Do outro lado, o Dragão foi envolvido pelo jogo alviverde e pouco conseguiu aparecer no campo ofensivo. André Luís foi o que mais tentou e chegou a sair cara a cara com Weverton, mas a defesa palestrina chegou a tempo para bloquear o chute.

Verdão sai na frente e define no contra-ataque Na volta do intervalo, o Atlético Goianiense adotou uma postura mais agressiva na busca pelo gol de empate. Aos seis, Janderson fez boa jogada pela esquerda e tentou o chute.

Na sobra, Cariús arriscou, mas mandou pela linha de fundo. Em resposta, o Palmeiras abriu o placar em Goiânia. Aos 13, Raphael Veiga descolou bom passe para Wesley, que avançou pela esquerda e colocou na área.

Willian se atirou na direção da bola, mas foi Éder quem mandou contra o próprio patrimônio: 1 a 0. Atrás do marcador, o Dragão passou a se expor ainda mais no ataque e criou boas chances, principalmente com Zé Roberto e Arthur Gomes. Porém, sem conseguir finalizar bem as jogadas, o time da casa sofreu com o contragolpe alviverde.

Deyverson foi lançado ainda no campo de defesa, arrancou pela meia esquerda e serviu Breno Lopes, que cruzou para Gustavo Scarpa completar, meio de cabeça/de ombro, para o fundo das redes. Na sequência, já nos acréscimos, ainda deu tempo de Deyverson roubar bola no ataque e servir Breno Lopes, que deu números finais à partida: 3 a 0.

 O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui