Em jogaço no Beira-Rio, Flamengo arranca empate nos acréscimos com o Inter

Com a liderança em jogo, Internacional e Flamengo se enfrentaram, na noite deste domingo, no Beira-Rio, em Porto Alegre, e protagonizaram uma das melhores partidas desta edição do Brasileiro. Com a bola rolando, muitas alternativas, chances claras e um duelo franco de parte a parte. O Colorado esteve próximo da vitória, mas o Rubro-Negro lutou até o fim e, no apagar das luzes, buscou o empate: 2 a 2. O resultado mantém a equipe comandada por Eduardo Coudet no topo da tabela, com 35 pontos, mesma pontuação do Fla, que segue na vice-liderança. Inter na frente O Internacional começou a partida a mil por hora no Beira-Rio.

Nos primeiros minutos, o Colorado pressionou e criou grandes oportunidades até abrir o placar aos seis. Na base da pressão, Patrick roubou a bola de Isla, entrou na área e rolou na medida para Abel Hernandez, que livre, só teve o trabalho de escorar para o gol vazio. O Flamengo, quando conseguiu se livrar da forte marcação gaúcha, conseguiu o empate.

Aos dez, Pedro recebeu no meio, girou para cima da marcação, avançou com liberdade e chapou com qualidade no canto de Marcelo Lomba, que nada pôde fazer. Em jogo franco e bem jogado, Inter e Fla trocaram ataques até que Gustavo Henrique, na tentativa de sair jogando, deu um belo presente para Thiago Galhardo, que não titubeou e tocou na saída de Hugo Souza: 2 a 1.

Embalado, o time comandado por Eduardo Coudet aumentou o ritmo e se tornou o responsável pelas grandes chances na partida. Thiago Galhardo chegou a marcar mais um, mas foi flagrado em posição de impedimento. Em segunda etapa eletrizante, Fla empata no fim O segundo tempo também foi recheado de alternativas. Logo aos quatro, Edenílson cruzou na área, Abel Herrnández escorou e Marcos Guilherme chutou colocado de primeira.

A bola, caprichosamente, bateu na trave esquerda de Hugo. Mais ligado na etapa complementar, o Flamengo respondeu na mesma moeda. Thiago Maia lançou Isla, que serviu Pedro. O atacante girou chutando e Lomba fez grande defesa. No rebote, Filipe Luís emendou de primeira e acertou o travessão. Incrível! O tempo foi passando, e a pressão rubro-negra só aumentou.

Aos 22, Vitinho recebeu dentro da área, se livrou de Lomba e chutou para o gol. Heitor fez o corte. No rebote, Pedro tentou de primeira, mas o lateral salvou o Inter outra vez. Apesar da equipe visitante ter o controle das ações, o Colorado não se acovardou e ficou atentou aos contragolpes, que existiram, mas falharam no terço final. A alta tensão do duelo persistiu até os minutos finais.

E foi assim que, aos 50 minutos, no apagar das luzes, Gerson fez grande jogada pelo lado esquerdo e colocou na cabeça de Everton Ribeiro, que desviou com estilo e decretou o empate em Porto Alegre. Que jogo!

O Gol 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *